Caso você não visualize as animações corretamente, clique aqui para fazer o download do plugin do Flash.
Caso você não visualize as animações corretamente, clique aqui para fazer o download do plugin do Flash.
  • A Doença

O Tratamento


TRATANDO A MUCOSITE


 

MÉTODOS DE MOTIVAÇÃO DE HIGIENE ORAL

1. Demonstração da técnica apropriada de escovação;
2. Realização da técnica de escovação pelo paciente sob supervisão e orientação complementares;
3. Orientação sobre o uso de cotonetes, gaze e bochechos com soluções anti-sépticas na remoção da placa bacteriana para os pacientes que, em determinado período, devido à plaquetopenia, não possam realizar uma escovação mais efetiva.

CONSIDERAÇÕES GERAIS

A imunodepressão advinda do uso de drogas quimioterápicas facilita o aparecimento de infecções na cavidade oral, além de predispor à exacerbação de quadros infecciosos crônicos dentais e bucais, que podem complicar a evolução do caso no tratamento oncológico.

Diversos autores têm demonstrado que o acompanhamento semanal dos pacientes pela equipe multidisciplinar leva a uma intervenção imediata nas complicações agudas. Por isso, serão orientados a evitar alimentos condimentados e ácidos, muito quentes ou gelados, de consistência sólida e que dificultem a higiene oral; sendo que esta deverá ser meticulosa, de preferência fazer uso de escova dental macia e pasta infantil de sabores não-ácidos e não-mentolados ou que possam causar ardência, e usar somente colutórios que não apresentem qualquer concentração alcoólica.

O importante é sempre prevenir para não interromper o tratamento, e a prevenção só será feita com o atendimento odontológico antes do início do tratamento oncológico.

A complexidade do tema apresentado demonstra o quanto importa o conhecimento mais aprimorado das complicações orais agudas decorrentes da radioterapia/quimioterapia. O crescimento dos recursos terapêuticos para o tratamento do câncer de cabeça e pescoço, cada vez mais empregando a associação entre as modalidades de tratamento, fortalece dia a dia os conceitos de abordagem multidisciplinar e qualidade de vida; dessa maneira, o cirurgião-dentista deve estar preparado para integrar-se neste novo contexto, sedimentando o seu papel na prática oncológica.

 

 

PÁGINAS :: << Anterior | 1 | 2 | 3 | 4

Busca

Clube do Sorrir

Copyright © 2010 - Instituto Sorrir para Vida. Todos os direitos reservados.

É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.

Adicione esta p?gina aos seus favoritos
Powered by Content Stuff